domingo, 13 de setembro de 2009

Sempre o mesmo a resolver


Assistimos a mais um jogo do Sporting, onde se praticou muita coisa menos futebol.

Aliás, na primeira parte, era difícil tentar jogar à bola, já que o encontro parava de 20 em 20 segundos, devido ao anti-jogo demonstrado pela equipa do Paços.

Os leões também não conseguiam jogar bem, tendo Paulo Bento preferido manter a equipa organizada, segura e coesa, sem correr quaisquer tipo de riscos (algo que tem faltado ao Sporting nas últimas partidas), do que balanceá-la para o ataque.

No segundo tempo, a equipa de Alvalade entrou com vontade de acabar com o jogo o mais rápido possível, o que não aconteceu pois só aos 80 minutos é que Liedson voltou a resolver, facturando o seu 100º golo na Liga Portuguesa, o que é de realçar. Espero que seja um sinal de que o Liedshow está de volta e com toda a força! Penso que só assim o Sporting poderá fazer um bom campeonato e fazer frente aos dois rivais.

Contudo, apesar da vitória aparentemente sofrida, só houve uma equipa em campo que quis realmente ganhar. O Paços fechou-se nos últimos 25 metros e só após o intervalo é que, de vez em quando, tentava sair para o contra-ataque, ainda que sem sucesso.

Os leões venceram desta forma o primeiro jogo em casa e o segundo nesta liga.

Mas, na minha modesta opinião, acho que a vitória não iludiu os adeptos leoninos, já que a exibição ainda deixa muito a desejar...

O problema das laterais continua. Paulo Bento continua a apostar em André Marques para este não perder a confiança, porém cometeu mais um erro infantil que nos ia sendo fatal. Logo, não inspira tanta confiança como isso. Além do mais, também não ataca muito bem e a defender não cumpre. Se o técnico não coloca Caneira nessa posição, esperemos que Grimi recupere o ritmo competitivo para que possa ser lançado. O argentino defende bem e ataca razoavelmente, sendo a melhor opção que o Sporting possui para o lado esquerdo da defesa.

Angulo não trouxe nada de novo ao plantel, a não ser a sua experiência. O espanhol não realizou uma boa partida, saindo mesmo ao intervalo, mas é sabido que não está nas melhores condições físicas, visto que não joga frequentemente há dois ou três anos. Damos-lhe o desconto.

Matías Fernández e Postiga entraram bastante bem no encontro e proporcionaram boas jogadas entre si. Foram eles que motivaram a melhoria do Sporting e, em princípio, recuperarão a titularidade na próxima partida, diante do Heerenveen.

No que diz respeito a esse jogo na Holanda, os leões têm a obrigação de ganhar, mas não se podem fiar na teoria que diz que somos favoritos. Têm de prová-lo em campo, pois penso que não será um encontro assim tão fácil. E desconcentrações que se têm repetido várias vezes não podem acontecer, já que podem vir a ser-nos fatais.

Porém, uma coisa é certa: ou o Sporting volta a ser o de outros tempos (e não é preciso recuarmos mais do que um ano) com Liedson a resolver, ou será bastante complicado fazer frente a Porto e Benfica, que se vêm destacando e muito neste começo de temporada...

4 comentários:

  1. O Sporting conseguiu a 2ª vitória na Liga graças ao golo 100 de Liedson no campeonato nacional. Num jogo mal jogado e marcado pela estreia apagada de Angulo, o levezinho voltou a resolver já perto do final, oferecendo uma vez mais o triunfo aos leões.

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. "No segundo tempo, a equipa de Alvalade entrou com vontade de acabar com o jogo o mais rápido possível" Em que estadio foi isso??? Em Alvalade nao foi de certeza!!!

    ResponderEliminar
  3. Faltam menos de 24h para o arranque da edição 2009/2010 da III Liga do Visconde / Footbal Fantasy. Não percam mais tempo e inscrevam a vossa equipa em:
    http://pt.uclfantasy.uefa.com/

    Código da Liga do Visconde: 53030-11799

    ResponderEliminar
  4. Bom dia,

    "O problema das laterais continua. Paulo Bento continua a apostar em André Marques para este não perder a confiança"

    ...não percebo como se dá confiança a um jogador que é sempre (mesmo sempre) substituido, seja ele qual for o resultado?!?

    "ou o Sporting volta a ser o de outros tempos (e não é preciso recuarmos mais do que um ano)... "

    ...não é preciso?!? À excepção da eliminação do Carnide nas meias da taça (onde o brio individual de jogar frente ao rival!), nas duas épocas transactas o Sporting jogou pouco e mau futebol! Aliás, se exceptuarmos os últimos 10/12 jogos da temporada 2006/07, este Sporting voltou a cair na banalidade dos tempos de Octávio Machado.

    E muito me custar ter de admiti-lo... :(

    SL

    ResponderEliminar